Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Edimilson de Almeida Pereira vence Prêmio São Paulo de Literatura 2021

Quando Paulina Chiziane ganhou o Camões, eu assisti a uma aula do Edimilson e ele me disse ao nos cumprimentarmos: "Cidinha, você viu a Paulina? Às vezes o resultado desses prêmios é justo, esse foi". Agora, diante desse prêmio importante recebido por você, eu digo o mesmo, mano velho, esse prêmio foi justo. Você e o outro mano que elegi como dupla de irmãos mais velhos, você há mais tempo, nosso Rique há um pouco menos, me dão a certeza de que sou um projeto possível e viável. E por isso, sempre agradeço à espiritualidade, por ter vocês dois à minha frente, como bons mais velhos, abrindo o caminho. Ngunzo, querido, nessa manhã de sol e de N'Zambi.

Últimas postagens

Ação do Magazine Luiza destaca autoria negra em promoção de “cashback” neste 20 de novembro

Bate-papo hoje!

Sábado tem Segundas Intenções na BSP!

Mais um livro de Cidinha da Silva no acervo das bibliotecas municipais da Prefeitura de São Paulo

O Mar de Manu, novo livro de Cidinha da Silva, publicado pela Autêntica (MG)

O Mar de Manu, novo livro de Cidinha da Silva, publicado pela Autêntica (MG)

Literatura de mulheres

Café literário em Sabará (MG) discute obra de Cidinha da Silva

Tardes negras na Paulista