Bate-papo na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, dia 14 de maio de 2017

Bate-papo na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, dia 14 de maio de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

11 de dez de 2014

Lançamento do Cadernos Negros 37, em São Paulo

VAMOS CELEBRAR MAIS UM CADERNOS NEGROS

 
 

Em primeiro lugar queremos agradecer seu apoio. Ele é fundamental para nós.

Depois de 36 anos as pessoas talvez se perguntem se Cadernos Negros ainda pode trazer novidades. Este volume 37 mostra que sim. Não só pela maior quantidade de jovens escritores e escritoras, não só por causa da presença marcante das mulheres, mas também porque mostra a força que a poesia de escritores(as) que publicam há mais tempo vem adquirindo ao longo dos anos.

A leitura tem mil e um problemas em nossa sociedade. E a receptividade a um trabalho de poesia afro sofre com bloqueios e boicotes às vezes sutis, às vezes descarados.

Mas também há muito incentivo por parte das pessoas interessadas.

Por isso é gratificante fazer mais um Cadernos Negros. Porque é o contrário de aceitar passivamente que "as coisas não podem mudar". Quando cada leitor ou leitora dá vida ao livro, as coisas mudam. Quando o texto se torna motivação e ação, as coisas mudam.

No dia 12 de dezembro de 2014, próxima sexta-feira, a partir das 19h, vai ser lançado o trigésimo sétimo volume da série, nabiblioteca Mário de Andrade, rua da Consolação, 94, centro de São Paulo. É um volume de poemas, com 224 páginas (inscreva-se abaixo).

Criada em 1978 por Cuti, Hugo Ferreira, Jamu Minka e outros poetas, a série significou a possibilidade de autores afrodescendentes publicarem seus textos de forma cooperativa, superando os limites impostos pelo mercado editorial e o silêncio determinado pela ditadura.

Este volume 37 dá continuidade à caminhada, sempre feita com muito esforço, carinho e determinação, contando com a iniciativa dos próprios autores e autoras, com a receptividade dos leitores e leitoras e sendo organizada por Esmeralda Ribeiro e Márcio Barbosa.

O volume 37 traz vinte e oito poetas de várias cidades e Estados brasileiros.

Como afirma a profa. Maria Thereza Veloso, da Universidade do Alto Uruguai, "nestes Cadernos não tem guarida a palavra consentida, agrilhoada. Não cabe aqui a palavra policiada, ferida. Essa não. Nestas páginas viceja outra palavra, nascida do liberto encontro de luzentes poemas com zumbizeiros ideais de igualdade".

Ou como diz o ativista e editor Marciano Ventura:

Publicada anualmente desde 1978, Cadernos concebe uma comunidade em torno das obras publicadas, inspirando novas gerações de leitores(as) e escritores(as) Brasil afora.

Ou ainda a escritora Cidinha da Silva:

Em Cadernos Negros muitas vozes são lidas, diferentes texturas e tessituras são sentidas, internalizadas, refeitas a partir da interação texto-leitor, texto-leitora.

O lançamento é aberto e gratuito, mas é necessário inscrever-se no link a seguir (ainda há poucos lugares):https://docs.google.com/forms/d/1dgUdOGp98Nbfhel3abtJO12w_5Vab4sBmnqlgi-Zil4/viewform?usp=send_form (pedimos que quem já está inscrito chegue até 19h45 no máximo).

Haverá a exibição do curta "Vidas de Carolina", com Débora Garcia, em homenagem ao centenário de Carolina de Jesus; haverá bate-papo com os autores e esquetes de dança afro com Omo Ayiê.

Participação de Daniel, do sarau “O que dizem os umbigos”
e dos rappers Nup & Big.

Reflexão sobre como a literatura negra pode contribuir nas escolas, com a profa. Elisabeth Fernandes.

E vamos celebrar os autores/autoras Benê Lopes, Bruno Gabiru, Cuti, Dirce Prado, Edson Robson, Esmeralda Ribeiro, Fausto Antônio, Helton Fesan, Jairo Pinto, Juliana Costa, Kasabuvu, Márcio Barbosa, Mooslim, Raquel Garcia, Valéria Lourenço.

Que venha mais esse Cadernos Negros e que por enquanto ele seja definitivo!

É tudo nosso!


Neste volume 37, temos autorxs das seguintes cidades:

Brasília/DF: Cristiane Sobral, Denise Lima

Campinas/SP: Fausto Antônio

Carapicuiba/SP: Mooslim

Duque de Caxias/RJ: Valéria Lourenço

Limeira/SP: Dirce Prado

Recife/PE: Lepê Correia

Salvador/BA: Ana Célia, Ana Fátima, Benício dos Santos Santos, Fátima Trinchão, Fernando Gonzaga, Guellwaar Adún, Jairo Pinto, Jovina S., Luís Carlos de Oliveira‘Aseokaynha’, Mel Adún, Mil Santos

São Paulo/SP: Benê Lopes, Bruno Gabiru, Cuti, Edson Robson, Esmeralda Ribeiro, Márcio Barbosa, Raquel Garcia

Viçosa/MG: Juliana Costa

------------------------------------------------
Preço do livro no lançamento: R$ 25,00
Postar um comentário