Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

11 de mar de 2009

Cordel dos excomungados

(Deu no SimplesRap / Notícias; autor: Miguezim de Princesa - Poeta popular, paraibano radicado em Brasília). I - Peço à musa do improviso/ Que me dê inspiração,/ Ciência e sabedoria,/ Inteligência e razão,/ Peço que Deus que me proteja/ Para falar de uma igreja/ Que comete aberração./ II - Pelas fogueiras que arderam/ No tempo da Inquisição,/ Pelas mulheres queimadas/ Sem apelo ou compaixão,/ Pensava que o Vaticano/ Tinha mudado de plano,/ Abolido a excomunhão./ III - Mas o bispo Dom José,/ Um homem conservador,/ Tratou com impiedade/ A vítima de um estuprador,/ Massacrada e abusada,/ Sofrida e violentada,/ Sem futuro e sem amor./ IV - Depois que houve o estupro,/ A menina engravidou./ Ela só tem nove anos,/ A Justiça autorizou/ Que a criança abortasse/ Antes que a vida brotasse/ Um fruto do desamor./ V - O aborto, já previsto/ Na nossa legislação,/ Teve o apoio declarado/ Do ministro Temporão,/ Que é médico bom e zeloso,/ E mostrou ser corajoso/ Ao enfrentar a questão./ VI - Além de excomungar/ O ministro Temporão,/ Dom José excomungou/ Da menina, sem razão,/ A mãe, a vó e a tia/ E se brincar puniria/ Até a quarta geração./ VII - É esquisito que a igreja,/ Que tanto prega o perdão,/ Resolva excomungar médicos/ Que cumpriram sua missão/ E num beco sem saída/ Livraram uma pobre vida/ Do fel da desilusão./ VIII - Mas o mundo está virado/ E cheio de desatinos:/ Missa virou presepada,/ Tem dança até do pepino,/ Padre que usa bermuda,/ Deixando mulher buchuda/ E bolindo com os meninos./ IX - Milhões morrendo de Aids:/ É grande a devastação,/ Mas a igreja acha bom/ Furunfar sem proteção/ E o padre prega na missa/ Que camisinha na lingüiça/ É uma coisa do Cão./ X - E esta quem me contou/ Foi Lima do Camarão:/ Dom José excomungou/ A equipe de plantão,/ A família da menina/ E o ministro Temporão,/ Mas para o estuprador,/ Que por certo perdoou,/ O arcebispo reservou/ A vaga de sacristão.
Postar um comentário