Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

6 de fev de 2012

A ministra negra da nova República [ou Quem tem medo de Luiza Bairros?]

(Por Marcos Romão). "Acho o maior barato, estar no Brasil, no momento em que a imprensa investigativa ressuscita. A Folha SP, especialista em servir aos porões do SNI, "descobriu" [por que meios?], que a Drª Luiza Bairros é uma ministra apagada! Lembrei-me do Rogério Duarte, um delegado do Rio de Janeiro, comparsa do Flávio Cavalcante, que, em 1975, falava na televisão: "toda pessoa que não cheira, não fuma, nem bebe, é um suspeito em potencial, observe seu filho." Esse delegado, como um torturador contumaz, informava a todas as famílias brasileiras, no horário nobre: "Caso seu filho esteja calado, ele é um suspeito." A ministra mais negra do governo, tem experiência em ser negra desde o tempo em que era impossível se falar do assunto: tanto para a esquerda, quanto para direita. Preto que não fosse carregador de mala de aparelhos partidários, era coisa rara nos ministérios do Lula e Sarney. Com a Presidenta Dilma, não existem carregadores de mala para acenderem o fogo dos churrascos na Granja do Torto Figueiredo. Até agora, pelo que observo, isto é um fato! Como uma Simone de Beauvoir, a ministra negra é intelectual e, com um passado de ativista, desde o tempo em que a antiga direita temia [a negros e negras, por sua consciência racial e competência teórica]. Este é um [fato] que a esquerda pelega não conhecia no Brasil! Agora, [a Ministra, como representante de negros e negras e respeitada em todo o país, por todas as organizações e militantes do Movimento Negro] encontra a mesma dificuldade em ser aceita que [outras] antecessoras (femininas/feministas) tiveram. Com um agravante! Além de Ministra preta, a Drª Luiza Bairros é intelectual. [Ou seja: uma mulher que os partidos dos "homens" brasileiros não sabe como tratar, como encarar!]. Cada preto "meirinho" carregador de mala de qualquer partido sonha em [estar no lugar] desta mulher preta! [A questão é: com que "bagagem"? Com que competência?] Com as mudanças ministeriais [anunciadas nas FSP e outros], a Presidenta Dilma Rousseff deve perguntar-se: “encontrarei um pessoa com esse perfil?” Eu respondo: MANTENHA Luiza Bairros no cargo, Presidenta! AJUDE o Brasil a construir pilares de igualdade COM CONSCIÊNCIA”! [E, para isso], é necessário que o governo federal demonstre suas [intenções] em ações! Caso contrário, o governo federal vai continuar desprotegendo a negros/as e índios/as e [continuando a promover] salvarguandando as cotas [históricas e racistas que ainda persistem no país]" .
Postar um comentário