Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

15 de fev de 2012

Mobilização da sociedade civil pede que o cantor Alexandre Pires, tire do ar o vídeo "Kong", que promove estereótipos racistas

"Está circulando nas redes sociais uma mobilização para retirada imediata do videoclipe "Kong" do cantor de pagode Alexandre Pires. Ativistas do movimento negro acusam o vídeo de associar a imagem do homem negro ao macaco. Nas imagens, uma casa de praia é invadida por uma série de macacos, tendo como líder o cantor carioca Mr. Catra. O vídeo conta também com a participação do jogador Neymar. Em e-mail enviado ao músico Alexandre Pires, o militante do movimento negro baiano, Guellwaar Adún, pede a retirada do vídeo do YouTube, que tem 2.956 referências negativas. "Meu caro, extremamente reprovável esse vídeo Kong que vocês chamam de música. Não sei se tem noção do que essa associação do homem Negro ao macaco tem acarretado em nossas comunidades. Tampouco me iludo que seja ingênuo em relação a essa questão, mas sua contribuição para legitimar a animalização de nossa gente, dando eco e alimento às ridicularizações racistas que cotidianamente vivenciamos, sem dúvida alguma é tão daninha quanto qualquer ato racista. Se o objetivo era promover polêmica, sem dúvida alguma conseguirá. Não temos as redes de televisão nas mãos, porém somos muitos, e podemos multiplicar ao máximo uma reflexão honesta sobre isso que vocês estão fazendo. Espero que, ao menos, reconsidere a possibilidade de retirar esse clip do ar para pensar, se de fato, foi uma boa idéia gravá-lo. Admiramos seu trabalho pela pessoa que é e esperamos que seja humilde o bastante para escutar-nos e avaliar não somente com seus assessores e amigos/as próximos. Busque pessoas que compreendam as consequências nefastas do racismo em nossa sociedade, tenho certeza que te orientarão melhor sobre esse tema. Contamos, verdadeiramente, com sua compreensão e retirada desse clip do ar. Gratos…"
Postar um comentário