Obra de Cidinha da Silva é apreciada em presídios de Salvador

Depois da alegria pela aprovação de Laíssa Sobral Martins, ex-catadora de materiais recicláveis, no curso de Gestão Ambiental, da Universidade de São Paulo, sou informada de que meu livro "Cada tridente em seu lugar", é sucesso absoluto entre o pessoal encarcerado na Penitenciária Lemos de Brito, módulos 1,2,3 e 5; nas duas alas do Conjunto Penal Feminino da Mata Escura e nas alas A e B da Colônia Penal Lafaiete Coutinho, instituições prisionais localizadas em Salvador. Segundo Hamilton Borges, responsável por oficinas autônomas de arte, cultura e cidadania, realizadas nesses locais, "o povo das cadeias se reconhece na minha literatura." Fico feliz, mas não me surpreendo, é nossa gente que está lá.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas