Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

28 de ago de 2015

Livro Os nove pentes d'África (2a edição) para por 4 cidades brasileiras, Curitiba, Salvador, São Paulo e Campinas

Os nove pentes d’África

agosto 28, 2015 15:09
Escritora Cidinha da Silva, colunista da Fórum, lança a segunda edição de seu livro Os nove pentes d’África em quatro cidades brasileiras. Confira as datas e os locais
Por Cidinha da Silva*
(Divulgação)
(Divulgação)
O livro Os nove pentes d’África (2009) chegou a roteiro de cinema, mesmo feito de afogadilho para concorrer em editais de audiovisual, mas as negociações não vingaram e o projeto foi abortado. Contudo, foi uma alegria saber que o livro tem essa vocação cinematográfica e que pode interessar a produtoras.
Alegria maior, entretanto, é chegar à segunda edição impressa. Foram três mil exemplares distribuídos por mãos e estantes e muita gente cobrando à editora uma obra esgotada. Agora teremos mais mil exemplares para trabalhar. Para uma escritora como eu, devota do livro físico, isso é tudo. Os outros caminhos são auxiliares.
O momento em que o livro sai do forno, então, é de irrestrita comemoração. É inevitável rememorar a trajetória do Pentes. As andanças pelo Brasil para lançar a primeira edição, tudo do mundo que pude conhecer a partir dele e das leituras que as pessoas fizeram. Os comentários, os sorrisos, as resenhas, os artigos e estudos acadêmicos, os desenhos, as peças de teatro escolares, a emoção de tanta gente.
Relembro também o processo de composição do livro, propriamente. Eu o escrevi em uma semana e quando coloquei o ponto final no último capítulo, Rita Benneditto cantava para Oxalá. Foram cinco manhãs de escritura e meses anteriores, cinco ou seis, para definição do número de pentes, rascunhos de diálogos, desenho da planta baixa do livro, desenvolvimento de personagens, articulação dos capítulos com a ideia central de sabedoria e amorosidade de Francisco Ayrá e Berna, de forma a manter sua independência e sentido como capítulos individualizados. Foram três meses de revisão do copião a partir das leituras críticas de alguns amigos e amigas, convocados para exercer tarefa fundamental. Também as brigas com a editora não podem faltar na coleção de lembranças.
Cada livro me ensina muito sobre processos editoriais. O Pentes talvez tenha sido o maior mestre. Este livro é muito querido porque foi ele que me deu a certeza de ser escritora. Antes dele, como eu mesma me definia, me via como artivista, fazia ativismo político pela escrita. Para escrever o Pentes isso já não me bastava, eu queria produzir literatura, boa literatura. Queria ser artista e passei a sê-lo. Uma artista politicamente posicionada, como parece ser  meu destino.
Nessa etapa inicial de divulgação da 2ª edição da obra, quatro cidades nos acolherão: Curitiba, Salvador, São Paulo e Campinas. Veja abaixo onde acontecerá cada uma das rodas de conversa. Apareça e convide os amigos.
Até lá!
O QUE: Lançamento da 2ª edição de Os nove pentes d’África e roda de conversa com a autora, Cidinha da Silva, em quatro cidades brasileiras
CURITIBA – 28 DE AGOSTO DE 2015 às 19:00
ONDE: Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros/NEAB – UFPR (Anfi 100 no Ed. D. Pedro I, Centro, Curitiba)
SALVADOR – 01 DE SETEMBRO DE 2015 às 18:00
ONDE: Katuka Africanidades (Praça da Sé, nº 1 – em frente ao Museu da Misericórdia)
SÃO PAULO – 03 DE SETEMBRO DE 2015  às 19:00
ONDE: Complexo Cultural FUNARTE São Paulo (espaço Galeria) – Alameda Nothmann, 1058/Campos Elíseos (próximo à estação Santa Cecília do Metrô)
CAMPINAS – 04 DE SETEMBRO DE 2015 às 19:00
ONDE:  IBAÔ – Ponto de Cultura e Memória Ibaô (Rua Ema 170,  Vila Padre Manoel da Nóbrega, Campinas)
(*) Cidinha da Silva é escritora. Publicou, entre outros, Racismo no Brasil e afetos correlatos (Conversê, 2013) eAfricanidades e relações raciais: insumos para políticas públicas na área do livro, leitura, literatura e bibliotecas no Brasil (FCP, 2014). Despacha diariamente em sua fanpage
Postar um comentário