Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

20 de ago de 2009

Três livros para crianças e jovens

Recomendo três livros num breve comentário, haja vista que a pilha de livros lidos cresce como o pé de feijão da fábula e meu tempo permanece estático, como o menino que o olha crescer. Trata-se de algumas aquisições feitas durante o 11o FNLIJ do livro para crianças e jovens. Começo pelo Contos da lua e da beleza perdida, do autor nigeriano Sunny, belamente ilustrado por Denise Nascimento, conterrânea de BH, melhor ilustradora em atividade, a meu ver. São histórias tradicionais africanas recontadas, diga-se, sem o brilho e a beleza de Ulomma, primeiro livro do autor publicado no Brasil, também ilustrado por Denise. Vale por ser mais um mergulho nesse manancial desconhecido das culturas africanas e, principalmente, pelas ilustrações, cujo nível de sensibilidade, apuro técnico e graça, me comovem profundamente. Aproveito para lançar uma apelo ao vento: "trabalharemos juntas, um dia, Denise? Juro que escreverei algo bem bonito para estar à altura do seu registro de pessoas e imagens, histórias e desejos". A publicação é da Paulinas. Os dois livros seguintes são da Imperial Novo Milênio, editora e gráfica carioca, grata surpresa. Ambos foram escritos por Carlos Alberto de Carvalho, Iemanjá e Xangô, narrativas míticas e Histórias de ouvir da África fabulosa, com ilustrações de Maurício Planel. Gostei da leitura. O Iemanjá apresenta histórias da matricarca do panteão iorubá e de Xangô, meu querido, centradas nos mitos destes orixás. Têm valor pelo conhecimento transmitido e pelo jeito gostoso de narrar. As histórias do África fabulosa são ainda mais saborosas e ali fica mais nítido o trabalho de linguagem do autor. As encadernações são simples e os livros baratos, se quiser, confira.
Postar um comentário