Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

22 de jun de 2007

Últimas

Buenas! Vamos às últimas notícias. 1 - O lançamento do Tridente e da coleção de postais "Tridentiana" no Rio de Janeiro foi um sucessaço. Gente que quase não coube. Méritos do pessoal da Kitabu, dos artistas convidados e dos amigos que deram aquela força na divulgação. Agradecida. As apresentações de Carmen Luz, Hilton Cobra e Iléa Ferraz foram luxuosas, como anunciado. A Iléa, enquanto encenava "Domingas e a cunhada" pintou um quadro, belíssimo, em exposição na Kitabu, até que eu possa ir ao Rio buscá-lo. Portanto, quem o viu em processo tem chance de vê-lo finalizado. E quem não esteve por lá dia 15 de junho, pode dar uma passadinha para admirar o trabalho (rua Joaquim Silva, 17, Lapa). Quando chegarem as fotos, coloco aqui para quem não puder ir lá. 2 - A Mazza Edições lança hoje, no 8o Salão do Livro de Belo Horizonte, "Histórias do Tio Jimbo", coletânea de histórias juvenis do sambista Nei Lopes. A convite da Mazza elaborei um suplemento com sugestões de atividades para educadores e estudantes, encartado na obra. 3 - Cheguei de viagem e recebi uma cartinha singela do Marco Lucchesi dando conta da leitura do Tridente, durante três horas de espera em um aeroporto. Em seguida recebi um livro de sua autoria, "Sphera", poesias, com orelha do Antonio Cícero. Lerei em breve. Depois mando uma carta ao Marco com os comentários, pois ele é avesso a e-mails. Adianto publicamente que estou na torcida por ele e seu "Meridiano Celeste", finalista do Jabuti na categoria poesia. Não posso deixar de torcer também pelo Manoel de Barros e seu "Memórias inventadas - a segunda infância", na mesma categoria. Por falar nisso, vamos às outras preferências minhas: na categoria biografia torço pelo Pery Ribeiro (e Ana Duarte) com o livro "Minhas duas estrelas: uma vida com meus pais Dalva de Oliveira e Herivelto Martins". Na categoria juvenil torço por um escritor que está aí há muito tempo, mas só conheci recentemente, o Bartolomeu Campos de Queiróz, com o livro "Antes do Depois". E, finalmente, na categoria romance, minha torcida escancarada é para o amigo Luiz Ruffato, com o belo "Vista parcial da noite". Do Luiz terminei de reler há pouco, "Eles eram muitos cavalos". Recomendo a leitura. Vocês devem ter reparado que minha torcida é mais pelos autores do que pelas obras. É que não li tudo ainda, assim não posso opinar, mas conheço os autores e alguma coisa de suas obras e gosto muito de todos como escritores. 4 - Por convite e recomendação da amiga Fátima Oliveira estou postando uns textos no sítio do poeta maranhense Carlos Alberto Lima Coelho. É divertido e acolhedor, os/as internautas interagem muito com as publicações. Vá ao sítio www.limacoelho.jor.br para ver. 5 - Pra concluir este pôste, amanhã tem espetáculo dos amigos Marcelino Freire e Fabiana Cozza. Eles lançam o CD "Contos negreiros", do Marcelino, pela editora Livro Falante. Na ocasião, aliás, com entrada franca, acontecerá a apresentação mais uma vez do show "Cantos Negreiros". Tudo AMANHÃ, sábado, às 18 horas, na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, à Av. Henrique Schaumann, 777, São Paulo. Para saber mais sobre o audiolivro, e até para ouvir alguns trechos, acesse: www.livrofalante.com.br. Estarei lá. Apareça também. Bom final de semana.
Postar um comentário