Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

24 de jan de 2014

Se eu aparecer morto, não foi suicídio!

Por Cidinha da Silva

Minha chance de ser assassinado antes dos 19 anos era três vezes superior às possibilidades de um jovem branco. Sobrevivi e não vou me matar.

Embora minha probabilidade de ingressar numa universidade (genérica, nem boas ou ruins) fosse três vezes inferior a um jovem branco, consegui.

Sofro muito baculejo da polícia, mas ainda não conseguiram me fazer engrossar a população carcerária e, se um dia me jogarem naquele depósito de gente, fugirei dos números majoritários dos que têm baixa instrução.

A despeito da vida de fracassos que impuseram aos meus iguais consegui superar as previsões estatísticas, mantive minha alegria de viver, não estou deprimido e não vou me matar. Definitivamente, não!

Sim, é verdade que em vários momentos da vida expus minha tristeza e solidão nas redes sociais, mas elas são consultório terapêutico de todo mundo, não só meu. Por isso, se eu aparecer morto, não permitam que eu seja suicidado. 
Postar um comentário