Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

16 de jan de 2009

"Mostra que Mostra", em Contagem, MG

(Texto de divulgação). "Será realizado do dia 18 a 25 de janeiro em Contagem, o evento cultural "Mostra que Mostra". A mostra terá como atrações: teatro, circo, música e literatura. Também será realizado um seminário com o tema "Políticas Públicas de Cultura", em que será discutida a implantação de uma Lei de Fomento ou incentivo à cultura para o município de Contagem, que carece de iniciativas públicas incentivadoras. Além de todas atrações e discussões, a mostra também terá "o Ateliê do Encontro", bar aberto para intervenções artísticas e muita descontração. Esse evento é uma realização independente da Cia.Crônica em parceria com a Orabolas (design e comunicação) e a Coletivoz (Sarau de poesia), todas as atrações serão gratuitas já que, o objetivo é reforçar a cultura no Estado. Essa iniciativa tem como objetivo difundir a cultura, pois através de instrumentos como a arte poderemos aguçar o senso crítico da sociedade diante das injustiças. Em primeiro lugar o projeto “Mostra que Mostra” tem como objetivo, em sua primeira edição, INAUGURAR as ações da Cia. Crônica de Teatro. Inaugurar ainda o que toma-se a liberdade de chamar de “o teatro Crônico”; o fazer teatral crônico de ações, advindo de uma vivência calcada nos obstáculos que a cultura popular encontra para se destacar a partir de sua raiz. Estamos falando de uma produção cultural que tem a “margem” como referência: as grandes periferias do Brasil, seja o nordeste como periferia do Brasil, seja Contagem como periferia de BH e assim por diante. Além disso, a “Mostra que Mostra” é um evento Cultural que parte do principio básico proposto pela Cia. Crônica: o “encontro”, percebendo-o como ponto de interação fundamental para o desenvolvimento cênico/artístico, no sentido de realizar a comunicação e a interação direta com o público. Em segundo lugar, o projeto traz uma discussão sobre urgência de promover projetos culturais permanentes na cidade de Contagem no intuito de potencializar e estimular a ocupação do que chamamos de “espaços de referência”, para a pesquisa teatral e cultural: espaços públicos, tais como ruas, praças e parques. A proposta do projeto é a de realizar uma “Mostra” anualmente na cidade de Contagem sempre priorizando a comunicação com população e a formação, seja ela de público, do artista ou até mesmo dos espaços para referência cultural na cidade. Deste modo, visa se estabelecer a formação do artista, do público e de seu pensamento crítico. Em tais encontros serão realizados encontros de discussões, palestras, seminários, oficinas e ações especificas nas sedes de grupos da cidade, além de atrações como: música, dança, teatro, poesia, circo, cinema e etc. Buscando assim mais caminhos para a formação artística, com o intuito de estimular novas pesquisas e de criar espaços de experimentação. Pensa-se, para a continuidade do projeto, criar uma “mostra escola”, na intenção que os grupos das escolas da cidade tenham também um espaço para mostrar seus trabalhos, nesse primeiro momento esse espaço se da no Ateliê do Encontro. Assim, o projeto “Mostra que Mostra” pretende ser um momento de encontro, troca de pensamentos e construção de novos caminhos a serem percorridos, em busca de uma cultura cada vez mais popular e acessível a todos. Pretende ser um momento para reflexão sobre as políticas culturais da cidade, de ter um olhar sobre a produção cultural e também de ser um espaço construído a cada ano a partir das discussões. A mostra vem para somar aos outros movimentos já existentes na cidade, como o “Festival Nocional de Teatro” realizado pela Fetemig – Federação de Teatro de Minas Gerais, dentre outros como a “Roda de Palhaços” realizada pelo Teatro Terceira Margem". Equipe da Mostra: Concepção e Coordenação Geral: Jessé Duarte. Coordenação de Produção e Seminário: Rogerio Coelho. Coordenação do Ateliê do Encontro: João Carlos. Equipe do Ateliê do encontro: Vanessa Daniele, Lucas Pradino, Andersom e Lucas Urso. Coordenação da Equipe de Apoio: Kaká Araújo. Equipe de Apoio: Aline Magalhães, Kdu dos Anjos e João Carlos. Fotografia e vídeos: Aline Magalhães e Kaká Araújo. Assessoria de Comunicação,criação gráfica e design: Kaká Araújo. Produção e Realização: Cia. Crônica de Teatro. Endereços: Praça da Gloria: Rua dos Ingás, Eldorado (ao lado Big Shopping). Parque Ecológico do Eldorado: Rua das Paineiras, 1.722 – Eldorado (próximo ao Big Shopping). Ateliê psicodélandia: Rua Monsenhor Bicalho, 263 – Eldorado (Rua Paralela a Avenida José Faria da Rocha, altura do cruzamento com Avenida João César). Acesse: http://www.ciacronica.blogspot.com/ www.coletivoz.blogspot.com
Postar um comentário