Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

18 de mai de 2009

Novidades de maio no sítio da Edições Toró

www.edicoestoro.net RÁDIO / “Negra Movimenta: necessidade e fertilidade” (Prêmio Fundação Palmares de Comunicação/MinC - 2005), documentário que rastreia e cavuca detalhes da presença africana no Brasil, e em especial das suas mulheres negras. Traz as vozes do Contra-mestre angoleiro Pinguim, do rapper Gato Preto, do geógrafo Billy, da escritora Cidinha da Silva e da advogada e ativista Deise Benedito. Tá no tópico RÁDIO, somando com os programas de Plínio Marcos, Gioconda Belli, Carolina de Jesus, Solano Trindade, Contos populares de Angola... RECITAIS / A América Latina sorrateira e dolorida dos versos do Binho, a caipirage preta da Elis Regina e o rap entoado na responsa do Dugueto Shabazz. Com seus sotaques e manhas, rasgos, dúvidas e trovões da garganta, pra gente ouvir a poesia e desfrutar a fronteira entre a orelha e a página. PESQUISAS / Trazemos as NOSSAS pesquisas na quilombagem da universidade pública, de um povo que não se finca na ilha ou no gabinete pra matutar a experiência e atiçar a ciência: -A dissertação de mestrado apresentada na Faculdade de Educação da USP, em janeiro de 2008, por Vanísio Luís da Silva, morador de Osasco e professor na rede pública de Pirituba: “Cultura negra na escola: uma perspectiva etnomatemática”. -O trabalho de mestrado defendido em 2007 no Departamento de Lingüística da Faculdade de Letras da USP, por Silvia Lorenso, vinda da juventude negra e favelada da praia de Belo Horizonte pra praia da capital de São Paulo: “Corpo e erotismo em Cadernos Negros: a reconstrução semiótica da liberdade”. ENTREVISTAS / Ancestralidade e Teatro são os dois temas deste maio, Cada prosa é o tempo de tomar um café sem pressa e de lavar as xicrinhas. Os entrevistados são Mestre Marrom (Capoeira Angola/ Irmãos Guerreiros), Marcos Ferreira Santos (Professor de mitologia comparada - Faculdade de Educação/ USP), Martinha Soares (Grupo Clariô), Dirce Thomaz (Companhia “Os Invasores”) e Márcio Rodrigues (Brava Companhia)
Postar um comentário