Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

10 de dez de 2009

Edições Toró lança livro novo, em São Paulo

(Texto de divulgação). "Edições Toró e CEDECA Interlagos convidam pro lançamento do livro “18 anos, 20 histórias”, no Sarau do Binho, dia 14/12, de noitinha. Pra ver a arte do convite e outros feijões, chega em nosso sítio, o www.edicoestoro.net A capa traz fitilhos de cetim e desvenda a tarja verde-amarela que vem engrupindo nossa juventude faz tempo. Pra dedilhar esse trabalho, é só chegar no debate e no sarau que abrem o lance. OS PRIMEIROS 80 CHEGANTES PARTICIPANTES DO DEBATE GANHARÃO O LIVRO Às 20 horas, debate-papo: “E a minha história? ECA, funduras e detalhes na peleja por dignidade”. Com Daniel Fagundes – (Núcleo de Comunicação Alternativa/NCA), Mari Casellato (Museu da Pessoa), Givanildo – (Fórum Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) e Fernanda Vargas (CEDECA Interlagos). Mediação de Allan da Rosa. Às 21hs30, Sarau com a destreza, a leveza e as lâminas da poesia do povo da sul. No Sarau do Binho, ponte de sabedorias e traquinagens Rua Avelino Lemos Júnior, 60 – Campo Limpo, zona sul paulistana ---------- O livro “18 anos, 20 histórias”, é o 18º livro da Edições Toró e traz contações de 18 jovens que completaram 18 anos junto com o ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente. Não é propriamente um livro de literatura, mas derrama estórias doces e escabrosas, casos de urgência e bagatelas de sonho, em ocas, malocas, trilhos e cozinhas das beiradas de SP. Estórias de uma juventude que inventa um relaxo ou que corre na pesaria de ainda esperancear. A parte final do livro traz ensaios e reflexões de 39 ativistas e de pesquisadores que pelejam, entrelaçando as estórias da rapaziada às questões de direitos indígenas, racismo, saúde, educação, transporte, lazer e outras águas espirituais de bacia sem fundo. Textos de Marilene Felinto, Coletivo FACA, Aldaíza Sposatti, entre outros".
Postar um comentário