Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

9 de dez de 2009

Tião Carvalho canta João do Vale em shows na Caixa Cultural Rio - 11 e 12/12

"A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta o show “Tião canta João” com uma seleção especial da obra do compositor João do Vale, na interpretação de seu conterrâneo Tião Carvalho, nos dias 11 e 12 de dezembro. No repertório a diversidade de ritmos que abrangem a carreira dos dois artistas: xotes, baiões, sambas, bumba-meu-boi, tambor de crioula. Canções consagradas como “Matuto transviado (Coronel Antônio Bento)”, “Peba na pimenta”, “A voz do povo” e “Carcará” compõem o repertório ao lado de outras pouco conhecidas como “Baião de viola”, “Os óio de Anabela”, e “Todos cantam sua terra”. Um dos grandes nomes de expressão da cultura popular brasileira, com dois CDs solos lançados, Tião Carvalho participou de grupos musicais de grande importância na divulgação da MPB dançante como a banda “Mexe com Tudo” e a banda Mafuá. Diretor e fundador do Grupo Cupuaçu, realiza desde 1990, no Morro do Querosene, São Paulo, as festas do Bumba-meu-boi, (nascimento, batizado, e morte do boi). O maranhense Tião Carvalho já se apresentou ao lado de grandes artistas como Vanessa da Mata, Zeca Baleiro, Cássia Eller, João do Vale, Sivuca, Hermeto Paschoal, Naná Vasconcelos, Dinho Nascimento, Barbatuques, Renato Anesi, Emerson Boy, Paulo Moura, Klauss Viana, Na Ozetti, entre outros. Teve sua música “Nós” gravada nas vozes de Cássia Eller, Na Ozzetti e Simone". Banda Tião Carvalho: Voz e percussão Marquinhos Mendonça: Cordas Renata Amaral: Baixo Felipe Soares: Acordeom Dudu Marques: Bateria Cacau Amaral: Percussão Mariana Bernardes: Cavaco Dia 11 - Participação especial: Rita Ribeiro João do Vale (11/10/1934 – 06/12/1996) João Batista do Vale nasceu em Pedreiras, Maranhão, em 1934. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a visitar periodicamente as rádios, principalmente a Nacional, a procura de artistas que gravassem suas composições. João do Vale, compôs inúmeras músicas de extremo valor para o universo popular como: “Carcará”, “Pisa na Fulo”, “Meu samba, é a voz do povo”, "Peba na pimenta", "Uricuri", "Minha História", "Sina de Caboclo", entre outras. O compositor faleceu em São Luís (MA), em 1996. Deixou mais de 300 composições gravadas por diversos artistas, entre os quais Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Nara Leão, Maria Bethânia, Tim Maia, Ivon Curi e Alaíde Costa.
Postar um comentário