Inscrições abertas para oficina de Cidinha da Silva no Curso de Escritas Criativas, coordenado por Ana Maria Gonçalves



Por Cidinha da Silva

“O Curso de Escritas Criativas, com a escritora Ana Maria Gonçalves reunirá um time de grandes nomes da escrita em suas variadas linguagens. Estão confirmados nomes como a escritora, prosadora e dramaturga Cidinha da Silva (MG), o poeta, romancista, roteirista de cinema e televisão e professor, Paulo Lins (RJ), o escritor Marcelino Freire (PE) e a atriz-MC, diretora, diretora musical, pesquisadora, slammer, Roberta Estrela D’Alva (SP) e da própria Ana Maria Gonçalves (MG).

Os convidados farão os Workshops Temáticos, abertos aos selecionados para o Curso e o público externo, com os seguintes temas: Poesia, Crônica, Teatro, Conto e Roteiro. Os Workshops começam no dia 10 de outubro, na Biblioteca Pública do Estado (Barris), das 9 às 17h. O público que não se inscreveu no Curso e que tenha interesse em participar dos Workshops deverá se inscrever no site da Fundação Pedro Calmon. “

Outro dia uma poeta relativamente jovem, na casa dos 30, não tão jovem quanto nossos cursistas, tentou me delegar a responsabilidade de motivar as jovens mulheres negras a escrever. Eu disse a ela que exercia outro papel, qual seja, o de contribuir para qualificar a escrita de quem quer escrever. Disponho-me a socializar as técnicas que utilizo, de pesquisa, de escrita, de edição, de publicação, de circulação da obra. Essa é minha forma de incentivar.

Para alcançar esses objetivos, as atividades de formação são fundamentais, pois, a partir da experiência da escritora e do escritor (acho fundamental que escritores trabalhem o ofício da escrita com pessoas interessadas na escrita criativa) é possível desenvolver bom instrumental para escrever.

A intenção da oficina é instigar o olhar das/dos participantes para descobrir boas histórias no cotidiano aparentemente banal. O dia a dia tem poesia nos pequenos gestos, tem delicadezas escondidas, tem a acidez da crítica, as mesquinharias que nos apequenam como seres humanos (racismo, machismo, homo/les/transfobia).

À (ao) cronista é dada a chance de extrair dos acontecimentos comuns ou banalizados o que houver de mais humano.

Nossa oficina discutirá esses percursos de maneira breve, por meio da leitura de alguns (as) cronistas brasileiros (as) e de exercícios de criação, cujos resultados serão lidos e discutidos por toda a turma.

DATA DA OFICINA: 17 de outubro de 2015
PERÍODO DE INSCRIÇÕES: 02 a 11 de outubro de 2015
ONDE: http://www.fpc.ba.gov.br/2015/09/166/Curso-de-Escritas-Criativas-Workshops-terao-grandes-nomes-da-escrita-em-diferentes-linguagens.html
PÚBLICO: jovens de 17 a 29 anos
Postar um comentário

Postagens mais visitadas