Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

7 de dez de 2010

Cidinha da Silva no V Encontro de Arte de Matriz Africana

(Texto de divulgação). "O Encontro de Arte de Matriz Africana, realizado ininterruptamente desde 2006, tem se firmado no calendário cultural da cidade de Porto Alegre, trazendo uma reflexão sobre o momento atual da arte negra e da diversidade cultural brasileira. Este ano, o Encontro foi contemplado com o Prêmio FUNARTE Festivais de Artes Cênicas. Organizado pelo Caixa-Preta, o Encontro de Arte de Matriz Africana é uma celebração à brasilidade, marcada pela afirmação das múltiplas identidades populares e das tendências contemporâneas de companhias de teatro e dança negras no Brasil. Visa a promover uma aproximação entre as diversas modalidades artísticas de matriz africana: teatro, dança, artes plásticas e cinema do Rio Grande do Sul e do Brasil, possibilitando a troca de experiências, pesquisas estéticas e conhecimentos, ocupando espaços tradicionais dedicados as artes cênicas. Desde sua primeira edição, o Encontro tem a curadoria de Jessé Oliveira, diretor do Grupo Caixa-Preta, responsável pela concepção e coordenação do evento. Nesta edição, estarão presentes os seguintes espetáculos: Orirê (12), Os Sete Ventos (09), O Cheiro da Feijoada (12), e Cia. de Dança de Rubens Barbot (10), do Rio de Janeiro; Ponto Riscado (11), de Belo Horizonte; Negro de Estimação (08), de Recife; O Samba do Crioulo Doido (09), de São Paulo, junto aos espetáculos gaúchos Chão (10), Dois Nós na Noite (12), E Se África (11), Minas de Conceição Evaristo (10), Negrinho do Pastoreio (11) e o espetáculo musical Estandarte do Samba (11). Também serão realizadas oficinas com Gil Amâncio (BH), Carmen Luz (RJ) e Edson Cardoso (DF) e debates com Julio Moracen (Cuba), Ângelo Flávio e Evani Tavares (Salvador), Cuti e Maria Gal (SP), Cidinha da Silva (RJ), Wagner Carvalho (Berlin), e Cristiane Sobral (DF). Ainda está prevista a estréia de Dois Nós na Noite, de Cuti, com o Grupo Caixa-Preta, interpretação de Adriana Rodrigues e participação especial de Márcio Oliveira e direção de Jessé Oliveira. Durante o Encontro será lançada a Revista Matriz, dedicada às artes de performance afro-brasileiras com artigos e ensaios dos mais importes investigadores da arte negra brasileira. Entre os nomes que já estiveram no Encontro, desde sua primeira edição, podem ser citados: Rui Moreira (BH), Edson Cardoso (DF), Luiz de Abreu, Maria Gal, Jose Fernando Azevedo, Sidney Santiago (SP), Toni Edson (Florianópolis), Evani Tavares, Ângelo Flávio (Salvador), Hilton Cobra (RJ), Julio Moracen (Cuba) Daniel Amaro (Pelotas), Cia Os Crespos (SP), entre outros. Todas as atividades artísticas são gratuitas para o público nos seguintes locais: Teatro de Arena, Teatro Renascença, Sala Álvaro Moreyra e Teatro de Câmara Túlio Piva". A Cia. de Rubens Barbot, que há 15 anos não se apresneta em Porto Alegre, é atração no dia 10, no Renascença (Foto: Divulgação) Ficha Técnica - Realização: Grupo Caixa-Preta e Associação dos Amigos do Teatro de Arena / Financiamento: FUNARTE / Parcerias: Associação dos Amigos do Teatro de Arena - Teatro de Arena - CAC – Coord. de Artes Cênicas / Secretaria Municipal da Cultura Porto Alegre - Xirê – Jogodedança - Africanamente / Coprodução: Yahya Produções Artísticas / Coordenação geral e curadoria: Jessé Oliveira / Coordenação de produção: Nina Fola / Assistente de Produção: Mário Oliveira / Coordenação dos debates: Vera Lopes / Coordenação de recepção: Josiane Acosta / Logística de espaços: Adriana Rodrigues / Organização de oficinas e palcos: Robson Duarte / Técnica: Miguel Tamarajó (Jacka) - Paulo Rodriguez
Postar um comentário