Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

15 de abr de 2008

Museu holandês realiza exposição de quadrinhos africanos

(Por Sérgio Codespoti) "O Museu de Cultura Africana, Afrika Museum, em Berg en Dal, na Holanda, vai realizar uma exposição de quadrinhos africanos no mês de abril. Picha, palavra que dá nome à mostra, significa "desenho" em Swahili, uma das línguas mais populares da África. A mostra incluirá trabalhos de Adjim Danngar, do Chade; Barly Barutie e Pat Masioni, da República Democrática do Congo; Bob Kanza, do Congo; Didier Kassaï, da República Centro Africana; Dwa, de Madagascar; Farid Boudjellal, da Argélia; Frank Odoi, do Quênia; Hector Sonon, do Benin; Jean-Claude Ngumire, de Ruanda; Karlien de Villiers e Themba Siwela, da África do Sul; Kola Fayemi e Eayo Fatunla, da Nigéria; Marguerite Abouet, da Costa do Marfim; Mohammed Nadrani, do Marrocos; Pahé, do Gabão; Ramón Esono Ebalé, da Guiné Equatorial; e T.T. Fons, do Senegal. HQs de autores árabes e egípcios também fazem parte do programa. Os quadrinhos estão se tornando muito populares na África. No Senegal existe um programa de TV baseado num personagem local, Googoorlu. Na África do Sul, a vida de Nelson Mandela já foi contada numa HQ. Na Etiópia, os gibis ensinam aos soldados sobre os perigos da AIDS e outras doenças. Um exemplo de bastante sucesso é a série Aya the Yopougon, de Marguerite Abouet, da Costa do Marfim, juntamente com Clément Oubrerie, que foi publicada em várias línguas. A exposição começará em 26 de abril e ficará aberta ao público até 31 de agosto de 2008".
Postar um comentário