Obrigada, Daiane!

A definição mais bonita daquilo que é Daiane dos Santos na nossa memória, foi dada por Lígia Fagundes Telles, ao citá-la numa referência a coisas que a encantavam: "Como é mesmo o nome daquela menina? Aquela menina que voa"...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas