Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

23 de mai de 2008

Sobre os lançamentos do Tambor

O primeiro aprendizado foi que o tempo das chuvas mudou, coisa de gelo derretido e ozônio perfurado. Outrora as águas de março fechavam o verão, Luís Gonzaga cantava a esperança do sertanejo de que ainda em março a chuva viesse e desse cabo da seca. Agora chegamos em abril e ainda chove, chuvas torrenciais que deixam as cidades sem luz, como aconteceu em Porto Alegre, no dia do lançamento do Tambor. Turnê de lançamento daqui por diante, só a partir de maio, meados me maio, por segurança. As gaúchas disseram que foi Xangô trovoando o tambor dele, pra mim, pro meu Tambor, eu gostei bem, só não queria que a chuva tivesse espantado as pessoas. A Vera Lopes leu uns textos e a Irene Santos me ofertou uma foto, pra um tempo próximo. Fui Também à Alvorada, Grande Porto Alegre, a convite das candaceiras, bater papo com meninas ligadas ao Candaces – Coletivo de Lésbicas Negras. Em Brasília conheci mais uma livraria, Café com Letras, muito simpática. Reencontrei amigos do Aquilombando, do EnegreSer, do Nzinga e as amigas-irmãs Lia e Denise. Gravei uma pequena entrevista pro Aquilombando, em breve se tornará vídeo. A primeira passagem por Belô foi uma conversa com educadoras e estudantes de EJA, num centro cultural do bairro São Bernardo, instigante, sempre. A segunda foi na Nandyala - livraria e editora, das amigas Íris e Rosa Margarida, numa conversa debaixo do imbondeiro virtual da varanda da livraria, mediada por uma de minhas orientadoras da juventude, Nazareth Fonseca, que me honrou com o prefácio do Tambor e com presença maciça da minha família. O terceiro momento em BH foi outro encontro com educadores, dentre eles, Fátima, querida, amiga desde a pré-história. Ainda espero as fotos para postar aqui. Goiânia foi show, sucesso de público, crítica, vendas e repercussão. Obra e graça do pessoal do CANBENAS, NEAAD e LILASES, em especial, do Alex, Rejane, Vanilda e toda moçada do CANBENAS. Em São Paulo, depois da Cooperifa, o debate esperado com Oswaldo de Camargo e também com as presenças ilustres de Rosane Borges, Mirian Alves e Claudinei Vieira, além de amigos caríssimos, muitos, não dá pra nomear sem esquecer alguém, assim, não arriscarei. Os próximos lançamentos serão no Rio de Janeiro, provavelmente dia 03 de junho; em Salvador, dias 12 e 13 de junho; Recife, entre 19 e 22 de junho, Belém e Macapá, no final de junho. Assim que as datas e locais estiverem confirmados, posto-os aqui.
Postar um comentário