Libere sua WiFi por um dia para ajudar a coibir os desmandos da polícia de São Paulo durante as manifestações públicas!

A ideia é permitir que, com as redes abertas, os manifestantes possam compartilhar na internet o que estiver acontecendo durante o novo protesto
wifi-cartaz-protesto-sp
Manifestantes que participam dos protestos contra o aumento da passagem de ônibus em São Paulo começaram a divulgar nas redes sociais uma campanha pelo wi-fi livre durante o novo ato, marcado para segunda-feira. A ideia é pedir aos moradores da região onde vai acontecer o protesto que liberem o acesso às suas redes de internet.

"Você que mora na região próxima ao local da manifestação (ou por onde ela passará), deixe sua wi-fi sem senha para que todos possam compartilhar o que está acontecendo", diz o cartaz que circula nas redes sociais. 

O novo protesto contra o aumento da passagem está marcado para começar às 17h no Largo do Batata, segundo o Movimento Passe Livre. Denominado "Quinto grande ato contra o aumento das passagens", o protesto contava com mais de 164 mil pessoas confirmadas até as 20h30 deste sábado.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas