Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Bate-papo no PAF 3 da UFBA (Ondina, Salvador) - 13 de julho de 2017

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada

Google+ Badge

Translate

27 de jan de 2008

Xingou funcionária de cinema de "neguinha da rocinha" e se deu mal!

(Da Folha de São Paulo, 25/01/08) "A produtora de cinema Ana Cristina Azevedo de Paiva, 40, foi presa na noite de anteontem após ter sido acusada do crime de injúria racial por uma funcionária de uma lanchonete em um cinema na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Ela foi liberada da 16ª DP ontem, após conseguir um habeas corpus. Segundo depoimento de Agatha Damasceno Fernandes, Ana Cristina discutiu com ela na hora de pagar uma pipoca antes de uma sessão de cinema no shopping Downtown e, irritada, a chamou de "neguinha da Rocinha". Testemunhas confirmaram a versão à polícia. A discussão começou quando Ana Cristina tentou pagar a conta com um cartão de débito. Agatha teria tentado, sem sucesso, aprovar o débito, e Ana Cristina teria reclamado que ela estava de má vontade e era incompetente, segundo versão de testemunhas e de Agatha. A suposta vítima teria respondido que, se a cliente a achava incompetente, deveria, ela mesmo, tentar passar o cartão e aprovar a compra. Ana Cristina teria dito que "essa neguinha da Rocinha é uma péssima funcionária". A Folha tentou falar com Ana Cristina e com sua advogada, mas não teve sucesso. O delegado Rafael Willis, da 16ª DP, afirma que a acusada alegou que estava de cabeça quente e tentou pedir desculpas, que não foram aceitas. O crime de injúria com cunho racial prevê multa e reclusão de um a três anos". (Arte: Iléa Ferraz)
Postar um comentário